Secretaria de Segurança de Barueri nomeia seu auditório e faz descerramento de placa em homenagem a Miguel Ribeiro da Silva.

Home NotíciasAcontece! Secretaria de Segurança de Barueri nomeia seu auditório e faz descerramento de placa em homenagem a Miguel Ribeiro da Silva.

Placa do Auditório que leva o nome do Comandante Miguel Ribeiro da Silva. O retrato a lápis foi feito por um GCM de Barueri.
Placa do Auditório que leva o nome do Comandante Miguel Ribeiro da Silva (in memoriam). O retrato a lápis foi feito por um GCM de Barueri.

Descerramento de placa

Conforme noticiamos aqui, (08), a Câmara de Barueri aprovou por unanimidade o Projeto de Lei 49/2023, de autoria do vereador Wilson Zuffa (Republicanos), que foi sancionado pelo atual prefeito de Barueri, Rubens Furlan (Partido Socialista Brasileiro). O PL dá nome à sala de auditório localizada no prédio da Secretaria de Segurança Urbana e Defesa Social (SSUDS), que passou a se chamar Auditório Comandante Miguel Ribeiro da Silva, falecido em 2017 por causas naturais.

Hoje, 10 de outubro, dia em que o Comandante Miguel completaria 80 anos, foi feito o descerramento de placa em sua homenagem, a qual contou com a presença de três de seus fundadores: subcomandante Mauro, subcomandante França e o supervisor Varjão. Eles prestaram honras ao falecido comandante Miguel e relembraram alguns acontecimentos da época, enquanto era exibido ao fundo um vídeo com as imagens dos primeiros alunos da GCMB durante seus treinamentos.

O evento coordenado pelo mestre de cerimônia GCM Prado, teve também a presença do Comandante Guedes, atual comandante da GCMB, o qual fez uso da palavra e relembrou do dia em que foi promovido a Classe Distinta pelo comandante Miguel. O secretário adjunto da SSUDS, sr. José Roberto, e guardas municipais de todas as turmas marcaram presença.

Durante o descerramento da placa, subcomandante França à esquerda. Subcomandante Mauro e Supervisor Varjão à direita.
Durante o descerramento da placa, subcomandante França à esquerda. Subcomandante Mauro e Supervisor Varjão à direita.

O evento também contou com a presença da Banda da Guarda Municipal de Barueri, sob regência do maestro subinspetor Emerson, que executou a Canção da Guarda de Barueri e a Canção Comandante Miguel Ribeiro da Silva.

O comandante Miguel

Miguel Ribeiro da Silva é uma das figuras mais importantes na ocasião da criação da Guarda Municipal. Ele esteve á frente da corporação por 12 anos à partir do momento em que ela foi criada.

Ele é filho do Lázaro Ribeiro da Silva e Rosa Teodoro, nasceu no dia 10 de outubro de 1943 no município de Regente Feijó, vindo a residir no município de Barueri na década de 1960, na Rua Terca, 88, no Jardim Aldir em Barueri, SP.

Era 2° tenente da reserva da Polícia Militar do Estado de São Paulo, tendo sido convidado pelo prefeito à época, Rubens Furlan, para assumir a função de Comandante da Guarda Civil de Barueri, o qual aceitou prontamente, sendo nomeado em 20 de setembro de 1994 através da portaria 234.

Foi o primeiro comandante da instituição, responsável pela formação da primeira turma de guarda civis composta por 160 homens que iniciaram o patrulhamento no dia 11 de junho de 1995 logo após a solenidade de formatura.

Está gostando do conteúdo? Nos ajude compartilhando:

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Nos anos seguintes, o comandante Miguel foi responsável pelo treinamento e formação das turmas de 1997, composta por 150 homens. Em 1998 formou 70 guardas civis que passaram a exercer a função de Agentes do Departamento Municipal de Trânsito, o Demutran.

Em 2000, foi responsável pela formação de mais de 190 guardas civis e 10 guarda civis femininos, os quais vieram para atender a demanda da população e oferecer o melhor serviço e rapidez na resposta das necessidades do município.

Em 2001, através do Decreto 4831 de 09 de outubro, organizou e regulamentou o sistema Municipal da Defesa Civil e a formação da comissão Municipal de Defesa Civil.

Em 2004, formou a última turma de sua gestão, composta por 49 guardas civis. No período em que exerceu a função de Comandante, recebeu e formou turmas de novos guardas civis de outros municípios, tais como Santana de Parnaíba, Jandira, Embu das Artes e Itapecerica da Serra.

Em 2007, o comandante Miguel pediu a sua exoneração estando certo de que realizou a sua missão com dedicação, para segurança da nossa população.

Faleceu em junho de 2017 de causas naturais, sendo sepultado no cemitério deste município. É uma justa homenagem para alguém que iniciou, lá atrás, e comandou a guarda municipal em momentos extremamente importantes, tornando possível a bela estrutura da GCM de nossa cidade como vemos hoje.

Gostou do nosso conteúdo? Nos ajude compartilhando:

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]



NOSSAS REDES


ÚLTIMAS


POSTS RECENTES

Deixe um comentário

O Barueri Livre nasceu para levar as notícias de Barueri, São Paulo, Brasil e do mundo, sem papo furado e sem inutilidades. Também queremos levar opinião sobre diversos temas sob a cosmovisão da milenar tradição cristã.
Fale conosco: contato@baruerilivre.com

@2024 – Todos os Direitos Reservados.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00